Leilões online, presenciais e simultâneos de Veículos, Imóveis, Industrial, Agrícola, Bens de Consumo, Entre outros.

  • Quinta - 13 de Maio de 2021

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Código do Leilão: 0363/2021

Data

1ª VARA TRABALHO DE BOA VISTA-RR

Autos nº: 0031200-51.2008.5.11.0151

Exequente: GEMINIANO RODRIGUES DE OLIVEIRA

Executado: BRASPOR MADEIRAS LTDA.

Local do pregão: SOMENTE ONLINE

Tipo de Leilão: Presencial / Online

Total de Lotes:

1

Faltam 1D 01:13:20 para o início do fim do leilão

EM ANDAMENTO

Avaliação:

R$ 500.000,00

Incremento:

R$ 5.000,00

Data:

24 de Maio de 2021 às 09h30

Localização:

BOA VISTA/RR

Informações de abertura

Incremento:

R$ 5.000,00

Total de visualizações:

268

Total de Lances:

0

Arrematantes homologados:

998

Descrição detalhada do Lote

IMÓVEL: Um (01) lote de terra sem denominação, situado no Município de Rio Preto da Eva, margem esquerda do Rio Urubu, destinado à agropecuária, medindo 5.000,00 metros de frente; abrangendo 22.000,00 metros lineares, com um total 3.000,00 (três mil hectares), com os seguintes limites e confrontações: OESTE – Com terras requeridas por Luiz Antônio Martello, por uma linha reta no rumo de 45°00’NE, na distância de 6.000,00 metros (M1- M2); NORTE – Com terras requeridas por Cecília de Lourdes M. Alcântara, por uma linha reta rumo de 45°00’SE, na distância de 5.000,00 metros (M2-M3); LESTE – Com terras requeridas por Lourdes de Souza, por uma linha reta no rumo de 45º00’SW, na distância de 6.000,00 metros (M3-M4) e ao SUL – Com terras requeridas por Joaquim Botelho Abreu Sampaio, por uma linha reta no rumo 45º00’NW, na distância de 5.000,00 metros (M4-M5). PROPRIETÁRIO: BRASPOR MADEIRAS LTDA., sob Matrícula nº 412, com Registro de Imóvel da Comarca Rio Preto da Eva, Amazonas.

Localização do bem

Histórico de lances recebidos

                 
valorusuário/placalocalidadedata/horário
Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.